quarta-feira, 26 de agosto de 2009

NOSSA BRIGA DE AMOR


Minha loucura histérica
De homem excitado,
Apaixonado.
Só encontra refugio
Quando te vejo
Ao meu lado!

Atiro-me em você
Suplicando teu corpo,
E você me rejeita,
Me mantém afastado!

Eu perco a cabeça
E com fervor
Mergulho em você!

Você grita.
Diz que sou tarado,
Que não quer,
Que estou fazendo
Tudo errado:
Se contorce,
Se debate,
Me esbofeteia
(tome, cara feia!!!)
Se faz de vítima,
E sou humilhado.

Mas você se entrega,
Nós fazemos amor...
E terminamos a briga
Assim...

Abraçados!!!
Agarrados!!!
Apaixonados!!!

8 comentários:

HSLO disse...

Maravilha essa imagem...gostei demais. Post...show viu.


abraços


amigo, Hugo

Cris disse...

Essa coisa do "se dia a gente briga, de noite a gente se ama", só dá certo mesmo em música sertaneja, ou em poema, porque na prática vale mesmo o diálogo, o carinho , e o respeito mútuo meu amigo. Odeio brigas.
Arre!!! plagiando-o...rs
Um beijo para você!

Maria Izabel Viégas disse...

Gilberto, vim retribuir sua gentil visita! Amei esta sua intensidade/paixão. Ou tudo ou nada. Admiro pessoas assim como você, são os "desatadores de nós", os que vão fundo à procura de si mesmo e na descoberta do que não está visível.
Aliás, cheguei aqui através da Cris, que eu adoro!
Lindo teu Blog, amigo. Já sou sua fã!
E como vc mesmo me disse:
Grata! Grata! Grata!
beijos n'alma!

Almerinda disse...

Oi, Gilberto!

Eita briga de amor boa!!!
Adorei!!!(principalmente o final da briga rs)

Abraços

Almerinda

Fatima disse...

Bonitinho Gilberto!
Bjs.

.Lis disse...

Adorei a imagem que caracteriza a briga da Monica com seu coelhinho, é exatamente assim o seu poema: brigas de amor, que se desfazem com um beijo. Abraços

. Simoní disse...

Olá Gilberto, retribuindo a visita, Muito obrigado pelas palavras! ;)

Adorei o texto, e é a mais pura verdade briga de amor sempre acaba assim com abraços e muita paixão!

Parabéns pelo blog, vou Segui-lo Ok!

Beijos

Joana Francesa disse...

ebulição e intensidade