sábado, 6 de junho de 2009

SONETO PARA AMORES NÃO CORRESPONDIDOS



Meu amor! És linda e de tão linda, no entanto,
Causas-me um estranho e intenso ciúme!
Reconheço, sentimento pouco nobre admito,
Mas amar-te é comer, comer e sempre sentir fome!


Então, amas-me, meu amor tão lindo!
Sacia-me esta fome de cada vez mais te querer!
Ensina-me como sentir-se satisfeito e rindo
Ensina-me que amar é satisfação e não sofrer!


Eu sei que entre todos eu sou o mais pequeno,
Não tenho poder nem ouro para lhe oferecer
E te querer é um pensamento atrevido e obsceno!


Meu amor, ninguém te amará como eu, o bastante!
Sou capaz de por ti, até mesmo de morrer,
Se morrer trouxer você para mim, um único instante!

3 comentários:

Fatima disse...

Olá amormeuzinho!
Estava com tanta saudade de vc, dos seus versos e textos delicados e bonitos!
Não some assim não viu!
Mesmo sabendo o motivo eu sempre vou reclamar.
Bjs.

Cris disse...

Também queria aprender que amar não é sofrer...beijo grande!

Regina disse...

Ciúmes, Gilberto... ciúmes...

É o que estraga! rsrs...

Linda poesia!

Beijo!