segunda-feira, 15 de junho de 2009

AONDE NASCEM OS SONHOS?


Dedicada para aqueles e aquelas que
esqueceram dos seus próprios sonhos



Já tive tantos sonhos.
Sonhos grandiosos para sonhar.
Sonhos pequenos para sonhar.
E me perguntava o por que deles?
E me perguntava, aonde nascem os sonhos?
(Sim, porque houve épocas de calmarias em minha vida...)
Porque os sonhos, em seu furor tempestivo,
São ventos possantes na caravela de meu cotidiano.
E sonhos...sonhos...quero-os todos,
Grandes e pequenos,
Possíveis e irrealizáveis,
Quero sorver da água de sua fonte,
Quero me refrescar em sua brisa constante,
Quero me energizar nesta catarse inebriante.
São os sonhos, todos eles em sua abstrata
E confusa dimensão;
São os sonhos, todos eles, apaixonantes, loucos,
Tolos, puros, divinos, amorosos, pecadores,
Que tem o poder de construir nossa realidade.
São os sonhos, a bússola de nossa caravela pelos
Infindáveis e revoltos mares do destino.

2 comentários:

Regina disse...

É verdade, meu amigo, sonhar é preciso!...

Hara Rebouças disse...

Sou uma sonhadora constante!
Eu acredito que o sonho mais impossível pode se realizar,no entanto vai depender do tamanho do meu desejo para que ele se realize.
Às vezes não lutamos o suficiente.
Mas não quero deixar nenhum sonho passar...

Achou meu nome bonito...=D
Q gracinha!!!
Adorei vc!!
Beijão!