terça-feira, 9 de junho de 2009

OS POEMAS SÃO FEITOS DE AMOR

Não vou discutir sobre poemas.
Poemas não foram feitos para debates,
E coisas do gênero.
Poemas foram e devem ser concebidos
Para o amor... Disto eles entendem...
De amor!!!
E sobre isto meus caros, nós homens,
Nada entendemos...
Confundimos as coisas,
Misturamos as coisas,
Coisas que falam de muitas coisas,
Mas não falam de amor...
Então, quando em alguma noite qualquer,
Sentarmos a volta de uma fogueira,
Ou mesmo ao ócio de uma "praceta" qualquer,
Não vamos sugerir fórmulas para conceber poemas.
Poemas não saem de uma linha de montagem,
Não funciona com eles o papo
De mais transpiração do que inspiração.
Nós não entendemos na verdade de poemas,
Porque na verdade,
Não entendemos de amor.
Quando estes (os poemas) nascem em nós,
Se eclodem como a lava de um vulcão
Em intensa e furiosa erupção,
Não somos nós que os fazemos,
Que os criamos...
É Deus.... São os anjos...
Que ainda num gesto altruístico de
Condescendência para conosco,
Nos emprestam um momento do divino,
E nos ensinam um pouco,
Um pouco de amor....
Em pequenas fatias
E nós os engulimos apressados
Sem mesmo desgustá-los...
Seria traumático deverás para nós,
Testemunhar que em nossa tola arrogância
De poderosos,
Nada saibamos, nada sentimos, nada somos....
Seria loucura para nós descobrir
Que a verdadeira força não está
Em nossa inteligência,
Cultivada e crescente.
A verdadeira força está no amor,
Uma pequena semente que não sabemos
Como e onde plantar...

6 comentários:

Fatima disse...

Para vc:

Manuel, o Audaz
Toninho Horta / Fernando Brant

Se já nem sei o meu nome
Se eu já não sei parar
Viajar é mais, eu vejo mais
A rua, luz, estrada, pó
O jipe amarelou

Manuel, o audaz
Manuel, o audaz
Manuel, o audaz
Vamos lá viajar

E no ar livre, corpo livre
Aprender ou mais tentar

Manuel, o audaz
Manuel, o audaz
Iremos tentar
Vamos aprender, vamos lá


Bjs.

Fatima disse...

Amigo,
tem homenagem pra vc lá no meu blog.
Do lado direito depois do marcador "Presente de blog amigo".
Bjs.

Cris disse...

Gil!!!! que bom tê-lo de volta...
Ver comentarios seus sempre uma grata satisfação...

Quanto ao teu post...que verdade mais intensa meu querido...poemas são feitos mesmo de amor...se não todos os mais belos com certeza...

No seu caso em especial, eles nascem com uma beleza singular...

Um beijo

Cris

Álvaro Diogo disse...

Antes de mais nada gostaria de agradecer o retorno lá no Ideia Nossa. A equipe Ideia Nossa agradece.
Bom...
Muito belo o poema!
Eu sempre tive uma certa aspiração poética, porém ultimamente não tenho tido muito tempo para escrever.
Percebi que realmente no meio do caminho há poemas, encantos e textos, e muito bem escritos por sinal.
Gostaria de receber críticas em alguns escritos meus. No blog há uns posts nomeados "2008 e alguns versos meus" divididos em 5 partes, se puder dar uma olhadinha ficaria lisonjeado.
Segue o link da primeira parte: http://ideianossa.blogspot.com/2009/01/2008-e-alguns-versos-meus-parte-i.html
Abraços!

Maria das Graças disse...

Gilberto é mesmo provável que em você mora um Anjo, que esá sempre inspirado na criação divina de seus poemas carregados de emoção...

Tens razão para que discutir poemas?
Poemas,sim a melhor forma de traduzir o amor,quando queremos expressá-los em palavras...

Bem,algo que sempre me aquieta o coração é de ter a certeza que o amor é a fonte da vida. Já plantei o amor e tento cultivá-lo,tenho sementes que floresceram e quero semear ainda mais e espero nos lugares certos...

Que você plante o amor sempre no lugar certo como convém a uma pessoa que escreve sobre o amor com rara beleza.

Um grande abraço.

Regina disse...

Sim, querido amigo, poemas são todos feitos de amor, porém, há poemas que nos enganam... ou que nos deixamos enganar, porque são revestidos de beleza, doçura, palavras lindas, porém, não são o que demonstram ser, de fato...

Enfim...

Beijos!