quinta-feira, 12 de novembro de 2009

FRAGMENTOS DO DIÁRIO NUNCA ESCRITO POR MIM


[...] E, lembrei-me de você, agora, quando a brisa da noite veio delicadamente e assoprou-me o nome ao pé do ouvido:


- G...i...l...b...e...r...t...o....



Meus instintos todos afloraram...
Meu sentimento maior e lindo por você desabrochou!
Fechei meus olhos por um instante e construí você em minha lembrança. Beijei esta lembrança dentro da noite...
Senti a brisa afastar-se, mergulhando na noite, amalgamando-se à noite, deixando-me um fogo por todo o corpo. Em algum lugar, eu soube, um beijo meu espalhou-se em seus lábios...

6 comentários:

os bons morrem jovens disse...

lindo teu blog, e teu texto
virei seguidora

Cris França disse...

Feliz daquela que recebe um beijo assim ao vento, em silêncio e sentimento, solto, em um pensamento.

Começo a achar que deverias escrever um diário...rs


beijo meu querido!

Fatima disse...

Como diria um amigo meu:
Eh paixão!
Bjs querido.

Deficiente Ciente disse...

Que lindo e envolvente, Gilberto!!

Começar o dia lendo uma de suas poesias (ao som dos passarinhos perto da minha casa) faz muito bem ao espírito!

Tenha um ótimo final de semana, meu amigo!

abraços
Vera

Regina disse...

Belíssimo, meu amigo!! Belíssimo!!

Os pensamentos voam!...

Beijos!!!

Constanze Gaúcha disse...

Lindo poema!
" Espero ansiosa pela minha
vez de ser beijada pelo vento ... "

Grazie pelos comentários que deixas
em meu blog.


Um lindo amanhecer ..
Sawabona
Mille Baci