domingo, 27 de setembro de 2009

LOUVOR EM FAVOR DE TUA POESIA!



Eu li tuas poesias,
Uma, duas, dezenas de vezes.
Amei o corpo negro
De todas as tuas poesias,
Quis conhecer-lhes a alma!
Bendita seja tua inspiração,
Que lhe dedica poesias!
Que esta fada
Visite-lhe todos os dias,
Que lhe abençoe
Com versos e sensibilidade!
Eu já fui intimo desta musa
(Um dia...)
Quando ela me visitava
Às madrugadas
Para juntos costurarmos poesia!
Mas...
... Ela conheceu outros corpos...
... Ela conheceu outros amantes...
Fiquei esquecido
Nas madrugadas estéreis.
Não rezo mais
Por minhas poesias,
Rezo pela tua!
Não vivo mais
Na minha poesia,
Vivo na tua!
Enquanto fizeres poesia,
Estarei vivo em você!!!

5 comentários:

Cris França disse...

amém!
Isso não é poema meu querido é oração...bjs

Mahria disse...

Enquanto existir poesia, eu viverei mais feliz, elas me motivam a isso.

Bjinhos Gilberto
Tudo de bom pra vc e uma ótima semana

Mah

Fatima disse...

Vc é assim,
sempre tão especial!
Bjs.

HSLO disse...

Louvado seja Deus.
Gostei muito do poema amigo Gilberto.


abraços


Hugo

Gorete . SoLua disse...

Concordo com a Cris, Gilberto!

Beijosssssss