quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

ACORDE, MEU AMOR!



Meu bem acorde,
Eu cheguei agora...
No vento!
Vim com as folhas,
No sopro da noite.
Sinta a brisa enlaçar
Seu corpinho quente
E delgado,
Sou eu meu bem!
Sou eu a te abraçar
No vento!
O sol ainda não saiu,
Ainda há estrelas no céu.
Venha comigo meu bem,
Vou te levar ao céu,
Num vôo com o vento.

Meu bem acorde!
Eu cheguei agora...
(louco de amor!)
No vento!

12 comentários:

MARIA L. BÓZOLI disse...

lindo poema amigo!Parabéns!

Beijos e um Bom diaaaaaaaaa

Flávia disse...

Ah se a gente pudesse viajar com nossos pensamentos...

Lindo poema!

Um ótimo final de semana!

cereja disse...

Nossa que lindo...

Café com Bolo disse...

Como vc mesmo disse, vc faz amor com as palavras...lindamente...amorosamente...poeta é quem acaricia as palavras e, vc, o faz com delicadeza...
Amigo e poeta,vc me deu mais um presente!
Beijos

Fatima disse...

Lindo amigo!
Bjs.

ROSANA VENTURA disse...

Meu amigo, gosto de tudo o que tu escreves, mas, este em especial, eu AMEI!!!!!
Lindooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo!!!!!
Obrigada por postar coisas assim tão legais de se ler, é impossivel passear pela Blogosfera sem para aqui no teu cantinho!
bjosssssssss

Cris França disse...

é preciso sempre despertar-se para o amor, para poder amar... bjs

Sonhadora disse...

Lindo poema
Parabens...amei
Beijos
Sonhadora

Regina disse...

Querido amigo, saudades...

Poesia bela para uma tarde perfeita!

Como é bom lê-lo!

Um fim de semana abençoado!

Beijos no coração...

.Lis disse...

Oi Gilberto
Poética linda , tendo o vento como o condutor pra chegar ao coração do amor.
Adorei. Qualquer dia,levo uma poesia pra postar no meu blog, com sua autorização,claro!
Perfeita.
Boa semana
meus abraços

G I L B E R T O disse...

Lis, minha amiga querida

Ficarei honrado em ver uma poesia minha no teu blog tão lindo e maravilhoso.

Podes olhar em nel mezzo del cammim, marcadores de poesias e texto liricos e escolher aquelas que mais lhe agradar!

Repito, sentirei-me honrado com a publicação.

Registro meus agradecimentos sinceros para todas as amigas que postaram e comentaram! Voces são uns anjos, minhas lindas!

Beijos e beijos carinhosos em todas!

Manuela Freitas disse...

Muito sauve esta poesia Gil...Quem não quer assim um vento tão meigo para acordar e a levar? Eu ia já!...
Beijinhos, Manuela