segunda-feira, 19 de outubro de 2009

RETICÊNCIAS



Escrevi-te hoje, um poema...
De amor...
Gigante...
Não publiquei...
Grande demais...
As pessoas estão apressadas...
A vida está urgente...
Poemas grandes...
De amor...
Não combinam...
Resumi tudo, então...


Eu te amo!


Sem reticências!!!

6 comentários:

Flávia disse...

Que graça seu curto poema de amor!!
Adorei.

Fatima disse...

Vc anda tão romantico Gilbertomeuzinho!
E isso é tão bom!
Bjs meu queriiiiiiiiiiiiiiido amigo.

HSLO disse...

Lindo viu...abraços


Hugo

Cissa disse...

*___*

Me Barboza disse...

melhor assim sem reticências!rsss
abraço

Cris França disse...

síntese suprema essa sua mon ami, porque amar é tudo o que importa no final. Vivemos pelo amor, corremos para sobreviver. bjo grande!