terça-feira, 13 de outubro de 2009

PARA QUE EU SEJA ETERNO!




No silêncio frio das horas eu estarei...
Estarei nelas gravado a fogo para todo o sempre!
O vento que geme por entre as folhas,
O vermelho intenso da rosa que se oferece à lua,
A lua que arregala seu grande olho estupefato,
A noite que lamuria orvalho sobre a relva.
Eu estarei... Eu estarei aí e em todas as coisas,
No silêncio frio das horas eu estarei...


Se do alto dos montes gritares meu nome,
Se o suspirares baixinho em meio a uma
Lembrança de amor.
Se tu o escreveres... Meu nome, meu nome,
Se tu o gravares na rocha e na retina de teu olhar,
Eu estarei... Eu estarei aí e em todas as coisas,
No silêncio frio das horas eu estarei...


E a brisa que afagar teus cabelos,
Ao mesmo tempo em que beijar tua face,
E acariciar a fina pele de teus lábios rubros.
E a água que escorrer pelo teu corpo nu,
Percorrer tuas curvas e teus relevos,
Desvendando todos os segredos de tua beleza.
Eu estarei... Eu estarei aí e em todas as coisas,
No silêncio frio das horas eu estarei...


E meu nome repousará numa lápide gélida e
Aos olhos do mundo serei um estranho.
Esquecido, desprezado, sepultado no esquecimento.
Estarei morto para o mundo.
Não acredito que o mundo queira se lembrar de mim...
Mas serei eterno se em tua memória
Habitar uma vaga lembrança minha,
Eu estarei aí então...
... Vivo em você...
... E no silêncio frio de todas as horas!

10 comentários:

HSLO disse...

Perfeito amigo...lindo demais.


abraços


Hugo

Paola Caumo disse...

Gilberto,
Belo, profundo, poético.
" No silêncio frio das horas eu estarei: Contigo!
Parabéns!
Beijos

Sonia Schmorantz disse...

Não há muito que explicar ou falar, a não ser que é uma poesia linda, intensa..
Um abraço

Frô disse...

Muito lindo..mesmo!!Parabéns por tanta inspiração.

Joana Francesa disse...

Anjo...
quero ser eterna entre teus amigos...
Você nunca mais me deu o ar da graça e da ternura de sua visita.. espero que esteja bem, amando e muito feliz..
beijos poéticos.

manu disse...

Que lindo!

Obrigada pela visita ao Plenitude e parabéns pelos dois lindos pimpolhos do post abaixo!

Bjs

Apareça mais!

ah...posso publicar no DOM DAS PALAVRAS qq dia, um poema seu?

Até!

Tatiana disse...

Fiquei um bom tempo lendo e relendo e admirando a construção poética em ricos sentimentos.
É muito bom estar aqui!
Um beijo carinhoso para você!

Mahria disse...

Para que eu seja eterna.
Você pode continuar comigo?
Excluiram minha conta.
E o recomeço do eterno vai ser melhor com vc por la.

Bjinhos
Mahria (Entretantas...Eu)

Almerinda disse...

Olá, Gilberto!

Belíssimo!!!
Há um selinho esperando por você no meu blog... Venha buscá-lo!rsrs

Abraços

A menina que queria ficar no lugar do girassol disse...

Oh meu bem, sempre carinhoso, obrigada!
São lembrancas mesmo de amor que ficam, e que quero que caiam no esquecimento, assim como seu poema, lindo...
Depois preciso de sua ajuda para fazer um blogger de um amigo, eu falo por email o que que quero, e vc ve se pode me ajudar...beijos querido, fique com Deus!