domingo, 22 de março de 2009

ROSA DE HIROSHIMA


Pensem nas crianças mudas telepáticas

Pensem nas meninas cegas inexatas

Pensem nas mulheres rotas alteradas

Pensem nas feridas como rosas cálidas!



Mas oh! não se esqueçam da rosa, da rosa

Da rosa de hiroshima, rosa hereditária

A rosa radioativa, estúpida, invalida,

A rosa com cirrose, a anti-rosa atômica.



Sem cor, sem perfume

Sem rosa, sem nada!




Canta Ney Matogrosso (Secos & Molhados)

Composta por Gerson Conrad & Vinicius de Morais

4 comentários:

marcia disse...

muito lindo amigo!!
parabens pelo blog...bjssss

sirio disse...

e aí amigão? tudo bem com voce? olha cara,muito bem postado e relembbrado tais fatos sórdidos e mesquinhos, que, até hojefazem vítimas das mais variadas faixa-etárias.

G I L B E R T O disse...

Sírio, meu irmão, honrado pela sua presença neste espaço, ele é seu, ele é meu, ele é de todas as meninas que me visitam... ele é nosso, meu querido amigo!

Deixo publico que te conhecer foi uma das coisas mais bacanas que me aconteceu nos ultimos tempos, meu amigo!

Aquele abraço, de irmão para irmão!

Álvaro Diogo disse...

Achei no google seu blog, muito interessante, parabéns!
Essa música está no meu blog também: http://ideianossa.blogspot.com/2008/02/rosa-de-hiroxima.html

gostaria que desse uma olhada, quem sabe sermos parceiros.
Valeu!

Álvaro Diogo "Minha ideia, sua ideia, Ideia Nossa!"
http://www.ideianossa.blogspot.com