terça-feira, 26 de outubro de 2010

AO NOVO DIA QUE NASCE!



Acordem meninas, acordem!
Eis que o alvorecer depôs
A coruja caçadora
Que parou de piar lá fora...
Agora!
O novo soberano é a cotovia,
(A mesma que encantou Shakeaspeare!)
É ela, que anuncia o novo dia!




Acordem meninas, acordem!
São finitos todos os sonhos
Que se construíram na madrugada,
Apresenta-se o grande começo
De toda a realidade medonha
Que ao nosso querer é estranha...




Retirem de seus corações a poesia,
Estampem em seus belos rostos
Os mais belos sorrisos,
Afaguem estes cabelos soltos e
Saiam para as avenidas
Saudando o novo dia com aleluias!
A vida recomeça meninas,
Em todo o seu esplendor!

26 comentários:

Colecionadora de Silêncios disse...

Olá, Gilberto!

Só vc mesmo, com esse seu canto cheio de encantos para nos encantar! :)

Maravilha de poema! Quanta alegria senti ao ler-te agora... adorei! Um poema super alto-astral! :)

Beijos, querido.

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

LINDOS VERSOS FIQUEI MUITO FELIZ EM LER ESSE POEMA!
VOCÊ É UMA ALMA MUITO SENSÍVEL E ESCREVE COM O CORAÇÃO!
ADORO VIR AQUI!
BEIJO

Carla disse...

Versos cheios de musicalidade que me deixaram com um sorriso no rosto.
Parabéns !!

Bj !

ValeriaC disse...

Quanta alegria em seu poema.... que todas acordem e dêem boas vindas ao novo dia... beijos...
Valéria

lis disse...

Oi Gilberto
"... ainda tenho uma pequena luz,
vou deixar brilhar "
Obedeço seu comando e quem sabe ainda consigo estampar um rosto feliz
impregndao da sua poesia.
abraços

SolBarreto disse...

Com um poema assim quem pode não acordar com disposição, alegria e coragem??rsrsr
Lindo!

Cria disse...

Radiante e belo, tal qual o dia que chega ... Beijos.

Mayra Di Manno disse...

Ola Gilberto,
Nada como um novo amanhecer...
Lindo poema.
Um beijo,

Fatima disse...

VC sempre tão lindo Gilbertomeuzinho!!!
Bjs.

Cris França disse...

"São finitos todos os sonhos
Que se construíram na madrugada,
Apresenta-se o grande começo
De toda a realidade medonha"

ces't la vie mon ami, sempre nos chamando a despertar.

abraços

Cris

Deia disse...

Gilberto,acordada estou, desde cedinho, já despedi-me da coruja e saudei os sabiás! Beijo, Deia

Ana disse...

Esse é pra levantar o astral...me senti renovada...Isso é escrever...Parabéns!

Sonhadora disse...

Meu querido Gilberto
Leve...solto o teu poema.
Mas nas entrelinhas...há vida...e realidade, não tão bela.

Acordem meninas, acordem!
São finitos todos os sonhos
Que se construíram na madrugada,

Adoro ler-te.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Majoli disse...

Olá Gilberto, que lindo poema ao novo dia que nasce.
Mostras muita sensibilidade em suas palavras, amei.

Beijos.

anita sereno disse...

obrigada por meu anjo desculpa a minha ausência voltarei brevê fica bem paz saúde beijos

PRECIOSA disse...

Com certesa poeta...
O acordar e renascer
O renacer e viver intensamente...
Lindo!

Agradeço o carinho de sua visita e comentário em meu blog, sempre muito carinhoso

Tenhas uma noite regada de paz e amor

Preciosa Maria

Regina Laura disse...

Oi Gilberto!!
Vim retribuir sua visita e me deparo com esse poema tão lindo!!
Quanta doçura em cada palavra...
Finitos os sonhos, heis que a vida recomeça em todo seu esplendor.
Amei!! ;)
Beijo grande!!

Michelle Crístal disse...

Que belo acordar... obrigada pela visita!

Pamella Medeiros disse...

Bom dia, obrigada pela visita no Pó de Estrela.
(:

Seguindo-te!

Beijo meu.

Valéria Sorohan disse...

Plagiando Zeca Baleiro: "ando tão à flor da pele que até beijo de novela me faz chorar". Entrar aqui e ler estes "conselhos" embrulhado pra presente nesta poesia linda... Bom demais!

BeijooO*

AFRICA EM POESIA disse...

Gilberto
Linda Poesia.
Saber ler poesia é saber amar.
a poesia é...vida

um beijo

A VIDA


A vida corre...
E nós corremos com ela...
Corre tão depressa...
Que nós nem damos conta...

Quando abrimos os olhos...
A vida correu, correu...
E muitas vezes passou...
E nem para nós olhou...

E então acordamos...
Mas como é tarde...
Vamos correndo muito...
Para podermos agarrá-la...

LILI LARANJO

Deia disse...

Hoje li Olavo Bilac e lembrei de você, por isso vim deixar um beijo!! Deia

Confissões de uma borboleta disse...

Oi Gilberto...
Inspiradora a sua poesia...
Chama para a vida.
Beijos

Salete Cattae disse...

Que delícia de poema.Alegre e encantador.

bjs

Cria disse...

Vim te ler e me encantar !! Beijos, poeta amigo.

Vera (Deficiente Ciente) disse...

Que encanto de poesia, Gilberto! Tão alegre e esplendorosa! Deu vontade de dançar...

Desejo uma semana cheia de alegrias para você, meu amigo querido!