sexta-feira, 28 de maio de 2010

POR TODA A POESIA QUE TE FAÇO

Já te fiz um milhão de poesias...
Poesias que falam de tudo...
Do dia e da noite,
Do toque e do arrepio da pele,
Do sorriso e da lágrima
(tanto a tua, quanto a minha!),
Poesias que são mais voce
Do que eu próprio.
Pode parecer prolixo
Escrever-te mais poesias.
Posso parecer um lobo
Uivando seus lamentos de amor
Para a mesma lua sempre,
Dentro de uma madrugada fria e solitária.
Posso ser o chato,
O exagerado.
Posso ser poeta,
Ou um bufão que arrasta
Mediocridades líricas
Tentando te impressionar.
Tudo isso nada me vale.
Todos os conceitos
(bons ou ruins)
Não me importam.
Importa-me, de verdade,
Fazer-te poesia!
Preciso, preciso, fazer-te poesia!
Não vivo sem amor
E meu amor respira
Pela poesia que dedico a você!
Por isso...
Não me castigue...
Não me critique...
Voce ou quem quer que seja...
É mais que um querer,
É um estado de necessidade,
É a minha sobrevivência!
Deixe-me viver!
Deixe-me amar!
Deixe-me fazer poesia...
Para você...
Para todo o sempre!

11 comentários:

Cris França disse...

Ai Gil que poesia linda, intensa, tocante, profunda, eu adorei!

Amar para mim tem exatamente este conceito, nunca basta, quer-se sempre mais, amar...

e vc tem adicionado aos seus poemas uma sonoridade visceral que encanta, este poema , com certeza está magistral mon ami...magistral...

um beijo

:: Mari :: disse...

Choquei Gilberto, linda demais a poesia!

Ando meio depre... lendo aqui fiquei encantada.

O amor não passa, fica e marca para sempre... O amor é a sublimação d vida e a vida é uma constante de amor.

Bjos

Fatima disse...

É preciso sofrer depois de ter sofrido, e amar, e mais amar, depois de ter amado.
Guimarães Rosa

Bjs Gilbertomeuzinho.

Maria Flor! disse...

Gilberto,

Grata por tuas palavras no meu blog, é por essas e outras que escrevo e escrevo.
Um dia pensei em desistir, mas acabei ficando e fui abraçada por poetas maravilhosos como você, então, voltei a sonhar...
E meu queirod como é bom sonhar...
Assim como estou agora, sonhando ao te ler, sua poesias são lindas,
és fonte de inspiração.

Beijo sua alma...

ROSANA VENTURA disse...

"NÓS", seus leitores assiduos, DEIXAMOS voce fazer poesia...á vontade!
Passar aqui é sempre inspiração,é sempre emoção.
Parabéns sempre!
Luz!
bjossssss

Gorete . SoLua disse...

Amor que é amor, eternamente será amor.

Ótimo te ler!

Doce beijo :)

Angela Guedes disse...

Oi Gilberto!!!
LINDA POESIA.
QUE VOCÊ SÓ CONSIGA VER E PERCEBER AS COISAS LINDAS QUE A VIDA PODE LHE OFERECER.
TENHA UMA LINDA E ABENÇOADA SEMANA.
BEIJINHOS
Ângela Guedes

Maria Izabel Viégas disse...

Meu amigo poeta lindoooooo
Não tenho te visitado como mereces. Mas vais saber o porquê...
Vc pode ir lá no Memórias?
Tem um Selo para vc!
Olha...
beijinhos e beijões!

Paola Caumo disse...

Gilberto,
Lendo a tua poesia, lembrei de meu marido que diz que tem mulher que cai (com as poesias)... é um gozador.
Mas voltando a poesia, o que é do poeta sem sua musa.É a inspiração suprema de nossa sensibilidade. Continue sim poetando teu amor em versos.
CArinhos meus
Paola

Glorinha L de Lion disse...

Eu te peço, te imploro meu amigo: Nunca deixes de fazer poesias!
Beijos.

Vera (Deficiente Ciente) disse...

Seus poemas e poesias encantam, inspiram e florescem o amor pela vida, Gilberto!

Continue sempre nos dando esse presente, meu amigo.

Beijos!