quarta-feira, 10 de março de 2010

Fragmentos do diário NUNCA escrito por mim

Prefiro eu chorar mil lágrimas se delas resultarem um único sorriso teu... Amar é mesmo isso, querer mais ao outro do que a si próprio!

6 comentários:

Fatima disse...

Amar é mesmo isso, querer mais ao outro do que a si próprio!
????????????????????????????????????
Não acredito muito nisso não.
Bjs Gilbertomeuzinho

Maria das Graças disse...

Oi, Gilberto,
bonitos fraguimentos!
A capacidade de amar plenamente o outro passa pelo imperativo de nos amar.

Um grande abraço.

Cris França disse...

de novo e sempre

teus trechos de um diário nunca escrito, faz nos crer, que se tivesse sido escrito

( como tudo o que tu escreves)

seria maravilhoso

beijos com carinho

Glorinha L de Lion disse...

Onde andas tu, caro amigo?????
Escrevendo diários imaginários que nunca serão escritos????
Acho que concordo com a fÁTIMA, TEMOS QUE AMAR PRIMEIRO A NÓS MESMOS...aCHO QUE SÓ MEUS FILHOS EU AMO MAIS QUE A MIM MESMA....
Beijos e saudades.

Priscila Rôde disse...

Vou deitar pensando nisso hoje.
Fiquei absorta!

Saudades suas!

Um beijo.

Regina disse...

Querido amigo,

Acredito que sim! Mas a verdade, é que é muito raro existir um amor assim...

Espero que esteja tudo bem contigo, estarei sempre torcendo por ti...

Muito obrigada, de coração, por tudo!!

Beijo, fique bem...