quarta-feira, 11 de agosto de 2010

FRAGMENTOS

Tudo pareceu muito simples naquela manhã de outono, mas, eram tempos que o simples tinha enorme valor para mim.

(Trecho da Crônica “Divagações e Bolo de Milho” Publicada em nel mezzo del cammim em 30/04/2010)


As palavras se enganam às vezes, os sentimentos não se enganam jamais!

(Trecho da crônica “A gente se vira...” publicada em nel mezzo del cammim em 29/03/2010)



... E sou o segundo e todos os outros tiros de minhas guerras em todos os fronts, sou macho, sou coletivo, sou razão e sou pura emoção – não tenho velas para queimar no altar da contemplação, apesar de me fascinar ela me é hoje um deus pagão!

(Trecho da crônica “A Fera” publicada em nel mezzo del cammim em 19/01/2010)


Compreendi, finalmente, que ninguém entende mais de políticos brasileiros do que as baratas... E fiquei escutando-a madrugada adentro enquanto ela fumava um roliço charuto cubano!!!

(Trecho da Crônica “ La Cucaracha” publicada em nel mezzo del cammim em 04/01/2010)


Noutro instante, que surgia do desejo da paixão, amavam-se novamente sobre um grosso carpete no chão da sala, um amor feito de muitos entretantos e um certeiro finalmente. Ela gemia aos seus ouvidos seu gozo e seu testemunho de amor, e ele lhe entregava com afeto e caricias a prova maior de sua devoção por ela.

(Trecho da crônica “Os sonhos vem com o crepúsculo” publicada em nel mezzo del cammim 1º/01/2010)

Gostavam era de ver o cair da tarde, o sol se escondendo no horizonte trocando de cores de uma forma mágica: O amarelo meio dia se alaranjando para as cinco horas até vestir-se do rubro ocaso das seis horas. Ficavam ali em silêncio, sentindo a brisa fresca vespertina que sussurravam poesias esquecidas no vento e captavam desses segredos inspirações diversas para a vida e para todas as coisas.

(Trecho da crônica “Crepúsculos” publicada em nel mezzo del cammim em 15/12/2009)



"As grandes expectativas estragam o amor. O amor, minha querida, prefere o ingênuo, por isso, te ofertarei o simples:

Meu coração, para te abrigar!"

(Trecho da Crônica “A forma como tu me queiras...” ´publicada em nel mezzo del cammim em 22/11/2009)


De tudo o que me lembro esse tudo me deixa em êxtase.

(Trecho da crônica O VELHO CINEMA, publicada em WWW.fatimanews.com.br em 21/09/2009 e também em nel mezzo del cammim)


Porque não existirá o amanhã,
Entendas isso definitivamente.
Tudo o que é realmente teu
É este segundo solitário de agora em que habita tua vida.
O amanhã pertence ao desconhecido,
Ao improvável,
Ao absoluto e intocável destino.

(Trecho da poesia E, DE REPENTE, NÃO É MAIS VERÃO..., publicada em WWW.fatimanews.com.br em 16/12/2008 e também em nel mezzo del cammim)

Ilustração: Retirada do site rbiancarelli.wordpress.com

29 comentários:

Pat. disse...

Trechos especiais que tocam a alma...
De todos, o 'special one' para mim é este:
"As grandes expectativas estragam o amor. O amor, minha querida, prefere o ingênuo, por isso, te ofertarei o simples:
Meu coração, para te abrigar!"

A simplicidade atrai o Amor Real...

Deixo-te um beijo com carinho imenso e toda admiração por ti...

Pat.

Mari Amorim disse...

Feliz escolha Gilberto,como tudo que encontro aqui.
GObrigada peostei muito do publicado em A Fera,
Obrigada, pelo carinho presente em sua indispensável presença.
Dias claros,ensolarados em sua vida.
Boas energias,
Mari

SolBarreto disse...

Quando conheci seu Blog achei que tinha o dom da palavra, hoje não acho mais, tenho certeza!
Essa frase é simplesmente perfeita e verdadeira!!
"As palavras se enganam às vezes, os sentimentos não se enganam jamais!"

Gorete . SoLua disse...

"As palavras se enganam às vezes, os sentimentos não se enganam jamais!"

Essa é a verdade. Enganar os sentimentos é ilusão.

Gilberto, obrigada pelo seu carinho em meu bolg!

Doces beijos :)

Marilu disse...

Querido amigo, lindas escolhas de trechos muitos especiais.Beijocas

sininho disse...

Simplesmente Lindo!!!!

Cris França disse...

sabe que ontem eu me perdi relendo canto? relembrar é viver , ainda mais belos momentos em frases como esses. bjs mon ami

*lua* disse...

Pensei em copiar um trecho como representante maior, mas nessa hora me faltou coragem a ignorar outros todos tão grandes quanto! Tua sensibilidade e simplicidade dão vida a tuas palavras! Belo por demais! beijo Gilberto

Fatima disse...

Olha como vc faz parte da minha vida!!!
Bjs.

Vanessa Monique disse...

De tds os trechos gostei mt do primeiro.
Existem tantas coisas simples, dias simples,mas q nos tocam d etal forma, especial.
:*

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

ADOREI ESSE TRECHO BEM REAL.
POR ISSO ACHO OS BONS MOMENTOS TÃO
IMPORTANTES...

Porque não existirá o amanhã,
Entendas isso definitivamente.
Tudo o que é realmente teu
É este segundo solitário de agora em que habita tua vida.
O amanhã pertence ao desconhecido,
Ao improvável,
Ao absoluto e intocável destino.

Leca disse...

Lindos...
todos os trechos...
mas esse...
foi especial...

"As grandes expectativas estragam o amor. O amor, minha querida, prefere o ingênuo, por isso, te ofertarei o simples:
Meu coração, para te abrigar!"

Achei...
lindo...

Beijos
Leca

Cria disse...

Sempre a nos presentear com belas postagens. Beijo, amigo querido.

ValeriaC disse...

Nossa Gilberto, adorei ler estes trechos...muito bem escritos...de muita sensibilidade...
Beijos...
Valéria

Sonhadora disse...

Meu querido
Pedaços de sentir muito belos.
Obrigada pelo carinho de sempre.

Beijinhos
Sonhadora

legalmente loira... disse...

amado gilberto,
lindas colocações encantam minha madrugada.
todos especiais assim como você.
obrigada pelo lindo e especial carinho.
bjos.

URBAN.GO disse...

Bonito meu amigo.
Não tive a oportunidade de ler (infelizmente!)todos esses textos, de todo o modo, é nas pequenas frases que se vêem os grandes da literatura. Elas só já são por sí um agradável momento de leitura, mesmo estando o leitor fora do contexto ... não o sente na realidade.
Parabéns ... continua assim.

Flor da Vida disse...

Belos e profundos trechos trazidos
do teu coração para o nosso...
E esse em especial "As palavras se
enganam às vezes, os sentimentos não
se enganam jamais!" Está divino!!!
Aplausos meu amigo!!! Carinhos meus
a ti... Abraços

Valéria Sorohan disse...

Trechos bem escolhidos. Gostei do trecho da crônica "La Cucaracha".

BeijooO*

Patrícia Lara disse...

Olá, Gilberto.

Simplesmente adorei esses fragmentos!

O que mais me chamou a atenção foi este:

"As grandes expectativas estragam o amor. O amor, minha querida, prefere o ingênuo, por isso, te ofertarei o simples:


Meu coração, para te abrigar!"

Perfeito! Parabéns...

Beijos,
Patrícia Lara

T. disse...

E é incrível como todos esses trechos parecem fazer sentido e tocar algum lugar lá no fundo... Belas palavras!

Lua Nova disse...

Os fragmentos de lindas crônicas que reli com muito prazer. Mas dos fragmentos, o que mais gosto é de "Crepúsculos"... uma linda descrição, quase lírica.
Muito bem, gatto pretto, gostei muito de te ver lá no Chocolate.
Um fds de arrepiar de bão pro cê.
Beijos.

:: Mari :: disse...

Ah querido Gilberto, meu poeta!
Não me canso de me surpreender com cada escrita sua. A capacidade que você tem de traduzir sentimentos tocam a alma de tão intimo.

Lindos e belos trechos!

Obrigada pelo carinho de sempre que deixas no Tic Tac.

BeijÃo

olhar disse...

Hummm...

Um trecho melhor que o outro....bom ler isto...bom ler gente inteligente...

Um beijo e ótimo final de semana!

Bia

ROSANA VENTURA disse...

DE todas, a que mais gostei foi esta :
"As palavras se enganam às vezes, os sentimentos não se enganam jamais!"

Nossa quanta coisa linda junta, misturada, pra gente ler, reler, e guardar!
bjosssssss

Priscila Rôde disse...

"O MUNDO QUE NÃO ACABA NUNCA"! Que maravilha. O mar me envolve, me fascina. Ele guarda todos os meus segredos e me revela. Fico feliz com a sua leitura e presença sempre tão iluminada. Te tenho como um presente do mar que me entrega suas belas palavras. Tens uma alma linda, tenho certeza.

Um beijo Querido.

Ana Seerig disse...

Adorei as frases! Essa em especial:
"Compreendi, finalmente, que ninguém entende mais de políticos brasileiros do que as baratas... E fiquei escutando-a madrugada adentro enquanto ela fumava um roliço charuto cubano!!!"

Boa sacada!

Estou vindo do blog da Ferro, onde vi teu comentário sobre o nosso poema, fico feliz que tenha gostado!

=]

Marliborges disse...

Gilberto,
Linda essa postagem. Inteligência e sensibilidade. Taí o resultado. Parabéns!!!! Bjssssss

Juliana Carla disse...

Gilberto,

Todos os trechos são interessantes, mas destaco este:

“As palavras se enganam às vezes, os sentimentos não se enganam jamais!”

Já passei na pele por isso. Acreditei nas palavras... Essas sim me enganaram, me envolveram... Mas, quando olhei para dentro, vi que tinha algo mais. O sol então se abriu.

Bjuxxx e xerooo