terça-feira, 6 de abril de 2010

FELICIDADE EM JEANS E CAMISETA


Não me falem dos grandes prazeres,
Acredito-os distantes demais.
Não os renego.
Não desisto deles,
Mas ficam para depois... Depois...
Quando todas as coisas estiverem
Nos seus devidos lugares.
Só quero fincar os pés no chão
E ver tudo com a curiosidade
De quem enxerga pela primeira vez.
Quero mesmo as pequenas coisas,
Quero dialogar com as mínimas satisfações,
Todos aquelas que passam por nós
Vestindo jeans e camiseta branca
E a maioria não lhes dá atenção.
Quero o cheiro de casa limpa,
Quero pisar no chão descalço.
Dêem-me café quente, feitinho na hora,
Com porção generosa de bolinho de chuva.
Assem o belo peixe
Que eu mesmo pesquei,
E tragam-me o suco de frutas natural
Depois de ter dormido a noite num sono só.
Não me falem dos grandes prazeres,
Eles são tolos, agora, para mim.
Fiquem com todos eles, para vocês,
Dêem-me as pequenas alegrias,
Aquelas que são troco para Vós,
Aquelas que voces colocam
Nas prateleiras ocultas dos seus dias
Estufados de responsabilidades pagãs.
Eu saberei ser feliz com elas!
Eu serei feliz com elas!

7 comentários:

Fatima disse...

Que sua vida seja cheia de pequenas e verdadeiras alegrias.
Bjs.

G I L B E R T O disse...

Fatiminha e todas as minhas amigas e amigos queridos que me visitam

Que nossas vidas sejam cheias dessas pequenas felicidades maravilhosas que, por vezes, esquecemos de reverenciar e apreciar...

Este meu singelo texto, tenta isso, apreciar estas pequenas felicidades que residem nas prateleiras de todos os nossos dias!

Beijos em vossos corações!

Priscila Rôde disse...

São pequenas, verdadeiras, ilimitadas e lindas. Ocupam um bom espaço e acabam mesmo sem querer, lhe proporcionando um grande prazer!

Meu beijo.

Cris França disse...

Seja feliz mon ami...

Cris França disse...

Seja feliz mon ami...

Maria das Graças disse...

Ah,as pequenas grandes coisas simples e maravilhosas que nos faz feliz.

Felicidades!

Um grande abraço.

ROSANA VENTURA disse...

Café fresquinho e bolo de fubá...!
É um dos meus pequenos prazeres que não abro mão!
E é ai que mora nossa felicidade nos momentos e nos pequenos prazeres que a vida nos proporciona!
bjos