terça-feira, 12 de agosto de 2008

SOBRE O TEMPO E A VIDA


O tempo não pára, roda que gira, que transforma tudo o que toca. O que era semente, vinga-se em árvore bela e frondosa. Os rios acabam-se em mares. O pequeno botão, flor transforma-se e é colhida. O cosmo continua sua perseguição rumo ao infinito. Tudo neste mundo, movido por este combustível implacável da vida, o tempo; a vida seguindo seu curso, metamorfoseando-se, buscando novas formas, novos patamares, evoluindo. Não é diferente conosco, todos os acontecimentos conosco são casulos para um novo momento em nossa história individual. Nesta vida, nada encontra seu fim a não ser, a própria vida. Ela se acaba, se extingue, chama que se dilui com o tempo, este amante aborrecido que nos abandona involuntariamente na hora que o Anjo Azrael nos estende o cálice da morte. Ah! A morte, concubina voraz, que estupra nossa vontade de viver com seus lábios negros e hálito frio, dando-nos o beijo fatal. Ah! A morte esta sorrateira sentinela do destino que nos embosca em nosso cotidiano e quando nos visita, naquela hora derradeira, onde tudo o que ouvimos é o tropel dos cavalos das Valquírias, vindo buscar neste campo de batalha a nossa alma para Deus. Neste instante, quando nada mais resta a fazer, o que é de Deus volta para Deus. É o que é do homem, tudo aquilo que ele construiu com sua debalde arrogância: seu corpo belo e esculpido artificialmente; seus odores de conquista; sua inteligência concupiscente; seus vapores de poder e seus títulos de nobreza imersos na vacuidade; tudo isso volta para a terra, abraçado com o homem e o que restou dele, para ser devorado pelos vermes.



Post Scriptun:








Pensemos então em evolução! A verdadeira evolução que permanecerá para todo o sempre – a evolução espiritual. Porque a nossa evolução secular, esta que construímos com peças requintadas e sofisticadas, máquinas possantes e silicones, esta ficará mesmo para os vermes, eles degustarão fartamente todas as nossas misérias e conquistas!

Um comentário:

lindinha disse...

Olá meu querido!Muito interessante ,e verdadeiro esse texto, por isso devemos viver da maneira que evolua o espirito e tentar ser feliz nesse mundo !Fique bem!E seja sempre como vc. é natural e verdadeiro!!beijos...