sexta-feira, 18 de junho de 2010

O PODER DAS PALAVRAS

Sois linda!
Não canso de cantar
Essa ode pelos quatro cantos do mundo!
Sei que estais distante,
Assim como Plutão está para a nave terra.
Mas, de alguma forma,
Dentro dessa estranha
Complexidade que move o universo,
Eles estão juntos!
E assim te enxergo,
Pela distância!
E assim te venero,
Na janela esquálida do tempo
Que jamais se abre para mim.
Te enxergo pelas frestas das horas,
Iluminadas que és,
Nestes instantes singulares,
Pela luz do destino que te põe,
Por raros momentos, junto a mim.
Sou pequeno nestas horas,
E enxergo meu desejo intacto
No espelho de tua íris,
Um desejo feito de açúcar
Que sonha se desmanchar em seus lábios,
Transformando um querer mágico
Em mel de amor!
Sei que minha poesia é tola e pobre,
Desconectada de maiores habilidades.
Sei que soa profano,
Cantar tua beleza por uma estrada
Repleta de pieguices,
Mas, sejas solidária e condescendente,
E aceite meu canto
Com alguma generosidade.
Ele não se faz como poesia, é um louvor!
Atenta-te que Deus ouve sorrindo
As orações de ricos e pobres,
De negros e brancos,
De intelectuais e estúpidos
Não olhando jamais para a forma
Como as palavras se lhe apresentam,
E sim, para a fé que elas carregam.
Venero tua beleza
Canto teu amor
Por uma canção
De acordes desafinados.
Não sejas deusa, entretanto,
Somente em tuas formas de Afrodite,
Sejas também na paciência,
Na sabedoria,
No entendimento das coisas.
Não olhes minha poesia pelos olhos,
Não ouça esta canção com os ouvidos,
O caminho para senti-la é a sensibilidade,
E, por esta estrada,
Ela se tornará notável,
Bela como as grandes obras
Dos grandes poetas em todos os tempos.
Esta poesia não foi feita com palavras,
Nem versos,
Só sentimentos...
E, todos eles, para ti!!!

8 comentários:

Fatima disse...

Prefiro vc assim: apaixonaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaado!
Mentira Gilbertomeuzinho.
gosto de vc e pronto!
Bjs.

Chica disse...

Maravilha essa poesia apenas de sentimentos e tão linda!abração,tudo de bom,chica

Mari Amorim disse...

Gilberto,
que belo!
Boas energias sempre,
Mari

ROSANA VENTURA disse...

...Ta...eu sei, meu repertório de elogios esta ficando escasso...é porque não consigo dizer outra senão: QUE COISA MAIS LINDAAAAAAAAA!
Bjoooos

:: Mari :: disse...

Lindo, maravilhos, belo, (meio clichê né?), mas é verdade!
Sentimento puro!

Adoro vir aqui, sempre me deparo com essas coisas linda que você escreve.

Bjos

katiasam disse...

GRANDE MEU!
Tás a ver, isso é que é escrever! Não resta dúvidas, nasceste para as palavras e as palavras simplesmente transformam-se em tua mente e coração! Fazes mágia! E elas chegam sempre até nós como poções e fórmulas na dose certa para o nosso contentamento. Amo-te meu Mano...Hoje mais que ontem, amanhã mais que hoje e assim, sucessivamente... Jinhos recheados de carinho.

Sonhadora disse...

Meu querido
Um belo momento de poesia, muito profundo o teu canto.

Esta poesia não foi feita com palavras,
Nem versos,
Só sentimentos...
E, todos eles, para ti!!!

A poesia é nossos sentimentos apenas.

beijinhos com carinho
Sonhadora

Vera (Deficiente Ciente) disse...

Sensacional, meu amigo! Como é bom vê-lo escrevendo dessa maneira!
Estou muito feliz!

Beijos!