segunda-feira, 21 de março de 2011

Pequeno suspiro de liberdade

“Pare, filho, pare! Desça, vamos, desça... Feche seus olhos... abra os braços... Sinta o vento, meu filho! Sinta o vento.... Sinta....”

8 comentários:

ValeriaC disse...

Maravilha sentir-se assim...livre...
Boa semana e beijos...
Valéria

J@de disse...

Eu vi um livro vendendo numa estação do metrô com o nome do seu blog... é seu??

URBAN.GO disse...

Todos suspirámos por ela, no entanto ela está só ao alcance de alguns.
Saber senti-la é onde está o segredo, para a alcançar.
Abraço.

Banda Leenze disse...

Olá! Sou Lomita vocalista da banda leenze. Gostei do seu blog.Que perfeição com as palavras.Passa no nosso! Bjus.

Nátali Mikaela disse...

Quantas sensações me transmitem suas palavras! Como se por um minuto fosse possível agarrar a tão fugaz liberdade...

:: Mari :: disse...

Oh, meu poeta estou com saudades de você, está tudo bem contigo?
Espero que sim, de coração.

Como é bom se sentir livre, e alçar vôos incríveis.

Bjos

Graça Pires disse...

Voar com a liberdade de um pássaro...
Muito belo!
Beijos.

Sonhadora disse...

Meu querido

Uma maravilhosa sensação de proteção e liberdade.

Deixo um beijinho
Sonadora