quinta-feira, 4 de outubro de 2012

O BELO CESTO DOS ANOS


para Drúcila Reis, em 02 de outubro

Meu amor, tu colhes mais uma rosa
E a coloca em teu belo cesto dos anos,
Para voce é apenas mais um dia no jardim,
Para mim é a mais bela das flores.
E estou sentado embaixo da grande figueira
Olhando tu debruçadas sobre o teu cotidiano,
O suor pinga de tua face linda
E banha seu sorriso com o sangue do trabalho.
Vejo teus joelhos calejados
De tantas orações que dedicastes a Deus
Por todos os teus e todas as coisas,
Tua dedicação e comprometimento
Somente não é maior que tua fé.
Tu cantas uma velha canção de amor
Enquanto se entretém com uma flor
Que reclama seu toque e tua atenção.
Por onde passas deixas
Um toque de poesia sobre todas as coisas.

E na noite especial,
Após teus amigos e amigas terem
Partido cantando louvores e felicidades
Pela tua colheita.
A porta de nosso lar se fecha
E ficamos sozinhos com nossa vida.
A madrugada sorri para nós,
E as estrelas gritam "vivas" no céu negro.
Eu olho para ti
E comemoro cada dia que passei contigo.
Tu nada me dizes, nem eu a ti.
Mas na troca de olhares falamos tudo.
Eu agradeço a Deus por mais uma
Flor colocada no teu cesto de anos,
E rezo para que muitos buquês venham
Juntar-se aos já colhidos.
E, finalmente te abraço, meu amor!
É o mesmo abraço que te dei anos atrás
Quando a novidade que éramos
Fez a gente se apaixonar!
Eu comemoro nosso amor!
Eu comemoro teu aniversário!
Eu comemoro voce!
Pois voce me faz feliz neste dia especial que é teu,
E me faz mais feliz em todos os outros dias iguais
Que são nossos!!!

2 comentários:

Agamenon Plait disse...

Gilberto,
Belo texto. Aderente e comunicativo ao mesmo tempo.
Passo por aqui para angariar experiência, como blogueiro iniciante como sou, e levo vários conceitos para meu espaço.
Gostei muito do qu vi e voltarei com certeza.
Sucesso sempre, foco contínuo.
Forte abraço,
agamenonplait.blogspo.com

Urbano Gonçalo disse...

Amigo Gil, sempre muito atento e inspirado né?!!
É sempre bom passar aqui e usufruir, dos teus poemas humanos, e sensiveis. Eles como tu, buscam sempre algo mais, algo maior, isso é muito bom.
Abraço, fica bem.