quarta-feira, 23 de novembro de 2011

QUERIA QUE VOCE ESTIVESSE AQUI



Tudo por aqui é igual.
O céu continua estrelado
E os crepúsculos ainda ocorrem pontualmente.
Ouço as mesmas músicas que ouvi antes.
E todas as poesias foram revisitadas,
Como da mesma comida,
Bebo da mesma bebida,
E minha rotina é muito parecida.
O filme que vi hoje estava chato,
Ainda que o mundo inteiro tenha gostado.
Meus textos não me sorriem mais,
E minha inspiração foi cavalgar outros prados.
Saio de casa com vontade de voltar.
E, quando volto, a vontade que fica era de estar em qualquer outro lugar.
Sinto-me como um cão entre cães vagabundos!
Sonhar é um exercício que não faço mais...
Todas as descobertas que faço são tolas.
Um novo barzinho com musica ao vivo.
Uma nova canção capturada no radio.
Um belo filme europeu.
E aquele blog com textos surpreendentes.
Nada mais, nada mais é bom,
O bom é inalcançável.
Se tudo, meu amor, é tão igual,
Porque as coisas perderam o sabor?
Porque meu mosaico ficou black and white?
E todos os meus cantos não me parecem mais meus?


Voce não está aqui...
Voce não está aqui...


Tu és o segredo de todas as coisas.
O tempero para minha felicidade.
O ar que eu respiro.
A inspiração de minha poesia e de minha vida.
A cor dos meus dias.
A beleza das alvoradas e de todos os ocasos.
Sem você aqui
Minha vida programada é entediante,
E todos os acasos e improvisos são estúpidos.
Percebes?
Estou condenado à infelicidade
Sem você aqui...
Queria que você estivesse aqui...
Agora...

4 comentários:

Nelma disse...

Lindo texto, se não fosse pela pontinha e a dor da ausência.

ROSANA VENTURA disse...

lINDO TEXTO MEU AMIGO....EMBORA UM POUCO TRISTE, MAS DIVINAMENTE ESCRITO!
BJOSSSSSS

Sonhadora disse...

Meu querido

Um poema cheio de emoção...e como o vazio de quem amamos doi e magoa.

Deixo um beijinho
Sonhadora

Moon disse...

Adorei o poema, é mto triste mas mto lindo msm!